Skip BreadcrumbHome / Sustentabilidade / Millennium bcp subscreve “Carta de Compromisso para o Financiamento Sustentável”...

Millennium bcp subscreve "Carta de Compromisso para o Financiamento Sustentável"...


Millennium bcp subscreve  

O Millennium bcp, no âmbito da sua estratégia de sustentabilidade, acaba de subscrever a "Carta de Compromisso para o Financiamento Sustentável em Portugal" que visa contribuir para a promoção e o desenvolvimento do financiamento da Neutralidade Carbónica até 2050.

A "Carta Compromisso" foi assinada por Miguel Maya, CEO do Millennium bcp, durante a Conferência "Roteiro Nacional para a Neutralidade Carbónica 2050 - O papel do financiamento sustentável", realizada hoje na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. Miguel Maya salientou que: "Para o Millennium bcp, a adesão a este "Compromisso" traduz a determinação do BCP em prosseguir políticas e práticas que respondam de forma sustentável, inovadora e consequente, aos riscos e oportunidades resultantes das alterações climáticas e da transição para uma economia neutra em carbono em 2050".

Esta Carta Compromisso dá continuidade ao trabalho que tem sido desenvolvido pelo "Grupo de Reflexão para a promoção do Financiamento Sustentável e Descarbonização em Portugal", do qual o Millennium bcp faz parte.

Este Grupo pretende evidenciar a importância da integração dos riscos ambientais, sociais e de governação nos processos de gestão de risco do setor financeiro; motivar o setor financeiro para o desenvolvimento de produtos que promovam empresas, instituições da economia social e projetos alinhados com os princípios de sustentabilidade; e reforçar a divulgação das linhas de financiamento apoiadas pelo Estado Português, nomeadamente a linha de crédito para a Descarbonização e Economia Circular.

Trata-se de um processo transformacional que envolve toda a sociedade e abarca todos os setores, mobilizando o investimento das famílias (por exemplo: eletrodomésticos mais eficientes, automóveis elétricos ou isolamentos nas habitações), das empresas (por exemplo: energias renováveis, camiões a hidrogénio, fornos e caldeiras elétricos), das instituições da economia social (por exemplo: frotas mais eficientes, reabilitação de património imobiliário e equipamentos) e do Estado (por exemplo: transportes públicos mais eficientes, descarbonização dos edifícios públicos e da frota de viaturas do setor público).

Em Portugal, o valor global agregado de investimento necessário para atingir a neutralidade carbónica até 2050 está projetado em 1.017 mil milhões de euros, de acordo com o Roteiro para a Neutralidade Carbónica em 2050.

Carta de Compromisso para Financiamento Sustentável em Portugal

Linhas de Orientação para acelerar o Financiamento Sustentável em Portugal

 

Notícias relacionadas:

2018 - Millennium bcp subscreve Carta de Princípios do BCSD Portugal