Skip BreadcrumbHome / Fiscalidade / IRS: pode validar as suas faturas até dia 26

Particulares

IRS: pode validar as suas faturas até dia 26


De acordo com informação disponibilizada pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), o acesso ao e-fatura para confirmação de faturas continua disponível durante o dia 26 de fevereiro de 2020.

O prazo legal para validar faturas relativas a 2019 terminou ontem dia 25 de fevereiro.

As faturas têm de ter o NIF do contribuinte, estar devidamente comunicadas à AT ou emitidas no Portal das Finanças e enquadradas no setor de atividade.

Confirme se as faturas foram registadas no portal.

Sem sair do campo «Verificar faturas» do site e-fatura, confira a primeira coluna da tabela, intitulada «Setor». É aqui que deve constar a que atividade diz respeito cada um dos documentos. Para isso, clique no link do número da fatura, faça «Alterar» e selecione o sector correto. Por defeito, quando o E-fatura não sabe a que CAE pertence o fornecedor do bem ou prestador de serviços, arruma a fatura em Despesas Gerais Familiares.

Ao validar as suas faturas, tem de as enquadrar nos seguintes setores:

  • Despesas Gerais Familiares
  • Saúde
  • Educação
  • Habitação
  • Lares
  • Reparação de Automóveis
  • Reparação de Motociclos
  • Restauração e Alojamento
  • Cabeleireiros
  • Atividades Veterinárias

Se não encontrar faturas pedidas com número de contribuinte no site, pode registá-las manualmente, guardando-as para se depois as tiver de apresentar.

É com base no que validar que o Fisco vai apurar o valor do benefício fiscal de cada contribuinte para associar à declaração de IRS a entregar anualmente.

Até 15 de março a AT disponibilizará a listagem das despesas e o valor das deduções à coleta. Até 31 de março poderá reclamar dos erros.

Entre 1 de abril e 30 de junho decorre o prazo para entregar o IRS, e a AT enviar-lhe-á a nota de liquidação ou transferirá o reembolso que lhe for devido.

Até 31 de agosto decorre o prazo para pagar o imposto.

 

Informação da responsabilidade de LexPoint
© Todos os direitos reservados à LexPoint, Lda
Este texto é meramente informativo e não constitui nem dispensa a consulta ou apoio de profissionais especializados.

26.02.2020