Skip BreadcrumbHome / Sustentabilidade / Oferta Global e Canais de Distribuição

Oferta Global e Canais de Distribuição

O Millennium bcp disponibiliza uma oferta financeira global e canais de distribuição diversificados.

Acessibilidade

Rede de Sucursais - continua a ser o canal que os Clientes privilegiam e por isso o Millennium bcp disponibiliza horários diversificados, o que permite receber os Clientes quando estes têm maior disponibilidade para se deslocarem a uma sucursal. Nos grandes centros urbanos, durante os dias de semana, continua a ser assegurado um horário de funcionamento diferenciado - entre as 8.30 horas e as 19.00 horas, sendo também garantida a acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida em cerca de 60% das sucursais.

Constancia

Porto

Leiria

Oliveira Azemeis

Madeira

Rede de equipamentos ATM (Multibanco) - presente em todo o território continental e ilhas constitui uma via de acesso aos serviços bancários base. O Millennium bcp promove a acessibilidade a pessoas com necessidades especiais através da colocação de equipamentos com facilidades disponíveis para invisuais, como sejam ligações de auscultadores e teclas com programação para emissão de instruções vocais. Na instalação de ATMs estão também definidas regras que permitem facilitar o acesso e utilização por pessoas com mobilidade reduzida.

Site do Millennium bcp - com o objectivo de melhorar a acessibilidade dos Clientes ao Website do Banco, foram criadas funcionalidades que, respeitando as recomendações emanadas pela Web Accessibility Initiative (WAI), vieram facilitar a sua acessibilidade, tentamos tornar o site compatível com o maior número possível de dispositivos.

Banca Telefónica - canal que concilia a comodidade do contacto telefónico com o valor inestimável da relação pessoal, permitindo que os Clientes possam obter resposta às suas necessidades, 24 horas por dia, todos os dias do ano. Para além de servir os Clientes que de forma rápida pretendem contactar o seu Banco, trata-se de um canal privilegiado para pessoas com mobilidade reduzida ou invisuais. Na sua vertente de atendimento automático faculta com simplicidade, rapidez e intuição o acesso a um vasto leque de consultas e transacções.

Mobile Banking - conciliando o conforto à necessidade de mobilidade dos Clientes, o Banco disponibiliza três serviços de Mobile Banking - Aplicações Millennium, serviço Mobile Web e serviço Mobile SMS - que possibilitam o acesso às contas e a realização das operações bancárias mais frequentes, onde e quando quiserem, através do telemóvel. Estes canais privilegiam todos os Clientes que, por motivos de mobilidade reduzida ou pela exigência das suas vidas, não disponham do tempo necessário para se deslocarem às sucursais ou aceder ao Banco pelos canais tradicionais.

Millennium Mobile no Facebook

O Millennium bcp disponibiliza uma newsletter mensal, Internet & Mobile, onde desenvolve e promove um tema específico relacionado com o site do Banco ou com o sistema Mobile.

fechar

Segurança e Continuidade do Negócio

As pessoas, o património, a informação e os sistemas de informação que lhes estão associados constituem activos de negócio fundamentais à existência a longo prazo do Millennium bcp. Os Accionistas, Clientes, Colaboradores, Parceiros de negócio e Entidades Reguladoras, enquanto partes interessadas na realização de objectivos operacionais e estratégicos, confiam num nível elevado de segurança subjacente aos processos de negócio.

Neste sentido a protecção das pessoas, do património, da confidencialidade, integridade e disponibilidade da informação constitui a grande prioridade da Segurança e dos programas que lhe estão associados.

Assim, as Unidades de Segurança Física, de Sistemas de Informação e de Continuidade de Negócio têm como principal missão proteger os activos e a resiliência sustentável das operações do Millennium bcp de acordo com os seguintes princípios:

  • Proteger a vida e a integridade física das pessoas;
  • Proteger os activos materiais e imateriais da Instituição e assegurar a integridade, disponibilidade e confidencialidade dos seus sistemas de informação;
  • Garantir o funcionamento contínuo das operações críticas ou, em caso de perturbação, garantir a sua recuperação tempestiva, em função da sua natureza crítica para a Instituição;
  • Minimizar as perdas, efectivas ou potenciais, resultantes da incapacidade do cumprimento de compromissos regulamentares ou contratuais, ou da realização de novos negócios.

Segurança

Em termos de segurança física, estão definidas normas internas de segurança - de rotina e de emergência - de controlo de acessos dos Colaboradores ao sistema e às instalações do Millennium bcp e ainda controlo de acessos de entidades externas.

Atendendo às especificidades, integração e interacção do Millennium bcp com o espaço e as comunidades em que se insere, o sistema de prevenção e segurança implementado, procura assegurar o maior rigor e os mais altos padrões de segurança através de sistemas diversos suportados num sistema centralizado de comando e controlo para monitorização e gestão de incidentes que, pela sua criteriosa selecção e manutenção, respeitam escrupulosamente a integridade física de Clientes e Colaboradores bem como o meio ambiente.

Todos os edifícios do Millennium bcp estão dotados de um Plano de Resposta de Emergência, que tem como objectivo, em situação anormal de perigo e emergência, minimizar as eventuais consequências sobre pessoas e bens, através de uma adequada difusão do alarme e alerta, da primeira intervenção para controlo do incidente, de um apoio eficiente à evacuação das Pessoas nas áreas sinistradas e em risco, e da preparação das condições de intervenção dos meios de socorros externos.

O Plano de Evacuação dos Edifícios está organizado, em cada edifício, através da nomeação de um Responsável de Resposta de Emergência, Coordenadores de Piso e Vigilantes, que asseguram a evacuação de forma ordenada de todos os Colaboradores e eventuais visitantes.

A formação e a sensibilização são factores determinantes para o desenvolvimento e implementação de um eficaz sistema de prevenção e segurança. Neste sentido, têm sido desenvolvidos programas de formação destinado aos Colaboradores que integram as equipas de resposta de emergência e complementarrmente realizam-se exercícios de evacuação para teste dos Planos de Resposta de Emergência.

No que respeita à segurança da informação e dos sistemas, está também definido, através de normativo interno, os deveres de conduta adequados às funções exercidas e aos níveis de responsabilidade dos diferentes órgãos e de todos os Colaboradores.

Tendo por base os mais credenciados Standards de Segurança Internacionais, designadamente a ISO 27000 o Millennium bcp desenvolve um programa que cobre diferentes domínios, designadamente os associados à análise de risco e à sensibilização para as questões da segurança da informação. Neste contexto, o Millennium bcp tem posto em prática um conjunto de iniciativas com aplicação em todas as Operações e enquadradas na sua estratégia, organização, políticas e procedimentos de segurança.

Considerando, por outro lado, que a segurança é um tema transversal a várias Instituições o Millennium bcp está associado a vários Fóruns e iniciativas de segurança designadamente o Fórum Interbancário para a Segurança Online e o Fórum de Segurança Bancária para a Segurança Física, no âmbito da APB, a rede nacional de CSIRT's (Computer Security Incident Response Team) e a par de outras empresas de grande dimensão nacional apoia e suporta o escritório de Lisboa da UNICRI - United Nations Interregional Crime and Justice Research Institute, tendo em vista o desenvolvimento de Parcerias Público-Privadas (PPP) nas áreas da protecção de alvos vulneráveis a ataques terroristas.

A sensibilização para a segurança, indispensável para criar uma permanente cultura de segurança no Banco, designadamente junto dos Stakeholders, constitui uma prioridade para o Millennium bcp. Assim, o Millennium bcp numa parceria conjunta com a Microsoft disponibiliza trimestralmente uma newsletter de segurança, destinada essencialmente aos Clientes Internet Banking.

fechar

Continuidade do Negócio

A Política de Gestão da Continuidade de Negócio (PCN) do Grupo Millennium enquadra o plano de continuidade de negócio (englobando a resposta de emergência, a gestão de crises e a recuperação do negócio crítico), com incidência sobre as pessoas, os processos e as instalações e o plano de recuperação tecnológica, que endereça os sistemas e as aplicações informáticas e cujos objectivos e prioridades estão alinhados com os objectivos do negócio.

A Continuidade de Negócio está estruturada por processos de negócio, cuja criticidade é aferida tendo em conta a sua relevância na resposta às solicitações dos Clientes e na disponibilização de liquidez aos Clientes e ao Banco. Mediante a análise de impacto no negócio de uma potencial perturbação dos processos críticos, foram identificados os respectivos tempos de recuperação objectivo e, a partir destes, os requisitos de recuperação de negócio, sujeitos a revisão e actualização permanentes. Os planos de recuperação de negócio resultantes têm subjacente o cenário mais desfavorável.

A política de gestão de continuidade de negócio e toda a demais documentação e planos de actuação que dela emanam obedecem aos padrões internacionais e às melhores práticas em matéria de gestão da continuidade de negócio, bem como às recomendações prudenciais emitidas pelo Banco de Portugal e pela CMVM.

A preparação do Millennium bcp para cenários de crise ou incidentes graves está suportada na Estratégia e no Programa de Exercícios de Continuidade de Negócio, que se realizam regularmente e abrangem todas as Unidades de Negócio que operam processos críticos, e tem como objectivos:

  • Avaliar a capacidade de Continuidade de Negócio e a eficácia da resposta do Banco a incidentes graves;
  • Treinar as Equipas, reforçando a capacidade de resposta e a confiança nos procedimentos;
  • Identificar áreas de melhoria e pressupostos a questionar;
  • Aumentar o grau de sensibilização da Organização para a Continuidade de Negócio.

fechar

fechar