Skip BreadcrumbHome / Sustentabilidade / Gestão de Carteira

Gestão de Carteira


Gestão de Carteira – Unit Linked (cf. SFDR Artigo 8º)


Que características ambientais e/ou sociais são promovidas por este produto financeiro?

No processo de seleção e acompanhamento dos fundos que fazem parte das carteiras, a equipa de gestão analisa de que forma as sociedades gestoras e as equipas de investimento integram os fatores ESG (ambientais, sociais e de governo) nos seus processos de investimento.

Qual é a estratégia de investimento?

O objetivo é o de construir carteiras com um nível de risco ESG inferior ao risco médio das classes de ativos que as compõem.

No processo de acompanhamento avaliam-se os  investimentos feitos pelas sociedades gestoras no controlo de riscos ESG, bem como os recursos afetos ao acompanhamento de empresas e ao desenvolvimento de métricas de análise destes riscos. É dada particular atenção à forma como cada um dos gestores incorpora nos seus processos de investimento a análise dos riscos ESG, bem como a forma como as sociedades gestoras usam as posições acionistas dos fundos como base para obter compromissos das empresas no que diz respeito à redução dos riscos ESG.

Qual é a alocação de ativos planeada?

O processo de seleção de fundos incorpora fatores e análise de risco ESG: cerca de 70% dos fundos utilizados têm um sustainability score da Morningstar melhor do que a média da sua categoria.

Este produto tem em consideração os principais impactos adversos à sustentabilidade?

Sim.

Posso encontrar online mais informação sobre este produto?

Mais informação sobre este produto está disponível e pode ser consultada em www.millenniumbcp.pt.

Existe um indicador de referência para determinar se este produto está alinhado com as características ambientais e/ou sociais que promove?

Para avaliar, monitorar e comparar os impactos potenciais dos riscos ESG sobre o rendimento dos produtos, são utilizados os sustainability ratings da Morningstar.


Gestão de Carteira – Retorno Relativo (cf. SFDR Artigo 8º)


Que características ambientais e/ou sociais são promovidas por este produto financeiro?

No processo de seleção e acompanhamento dos fundos que fazem parte das carteiras, a equipa de gestão analisa de que forma as sociedades gestoras e as equipas de investimento integram os fatores ESG (ambientais, sociais e de governo) nos seus processos de investimento.

Qual é a estratégia de investimento?

O objetivo é o de construir carteiras com um nível de risco ESG inferior ao risco médio das classes de ativos que as compõem.

No processo de acompanhamento avaliam-se os  investimentos feitos pelas sociedades gestoras no controlo de riscos ESG, bem como os recursos afetos ao acompanhamento de empresas e ao desenvolvimento de métricas de análise destes riscos. É dada particular atenção à forma como cada um dos gestores incorpora nos seus processos de investimento a análise dos riscos ESG, bem como a forma como as sociedades gestoras usam as posições acionistas dos fundos como base para obter compromissos das empresas no que diz respeito à redução dos riscos ESG.

Qual é a alocação de ativos planeada?

O processo de seleção de fundos incorpora fatores e análise de risco ESG: cerca de 60% dos fundos utilizados têm um sustainability score da Morningstar melhor do que a média da sua categoria.

Este produto tem em consideração os principais impactos adversos à sustentabilidade?

Sim.

Posso encontrar online mais informação sobre este produto?

Mais informação sobre este produto está disponível e pode ser consultada em www.millenniumbcp.pt.

Existe um indicador de referência para determinar se este produto está alinhado com as características ambientais e/ou sociais que promove?

Para avaliar, monitorar e comparar os impactos potenciais dos riscos ESG sobre o rendimento dos produtos, são utilizados os sustainability ratings da Morningstar.

​​​​​